Empresas-com-propósito-têm-melhores-resultados
Conteúdo para empresas

Empresas com propósito têm melhores resultados

Nos últimos anos, uma tendência está a alterar a forma como os consumidores e funcionários se relacionam com as empresas. Mais do que apenas vender produtos ou serviços, as empresas procuram agora ter um propósito como ponto central da sua estratégia, uma boa forma de promover relações mais duradouras e profundas com os seus clientes e funcionários.

Mas o que é o propósito, que benefícios traz, como deve ser adoptado e ser comunicado? Neste artigo vamos responder a estas questões e dar algumas dicas para ajudar a sua empresa a ter bons resultados nesta matéria. 

Mas o que é o propósito? 

Todos temos um propósito, algo que nos move e dá sentido à nossa vida. Da mesma forma, numa empresa ter um propósito é ter um motivo para funcionar que condensa os valores históricos, emocionais, éticos e prático da organização e define a sua marca e cultura.

Ao definirem e comunicarem o seu propósito, as empresas vão agir de forma mais eficiente e diferenciada, já que os consumidores e, em especial, os pertencentes à geração Millennials são motivados por fatores mais emocionais do que financeiros e procuram produtos e serviços que os inspirem e com os quais se identifiquem.

Por outro lado, empresas com propósito inspiram os seus trabalhadores, retêm talento e recebem trabalho com mais dedicação e qualidade. Segundo um estudo da Harvard Business School, em todo o mundo, cada vez mais trabalhadores procuram empregos que lhes permitam estar ligados a um propósito.

Benefícios das empresas com propósito

As empresas com propósito são mais bem sucedidas. Segundo o estudo acima indicado, 85% das empresas orientadas por um propósito tiveram um crescimento positivo, enquanto 42% das empresas sem propósito tiveram uma queda no seu crescimento.

Têm, ainda, vários outros benefícios, nomeadamente:

Funcionam a longo prazo

O propósito precisa passar do abstrato para ações concretas e contínuas, o que leva o seu tempo a ser alcançado. Deve ser incluído no planeamento de estratégias e objetivos já que uma das suas funções é ajudar a guiar a empresa e providenciar uma trajetória mais consistente que possa colher melhores resultados, no futuro.

Retêm talento

Um estudo da Virgin Pulse indica que 73% dos Millennials procuram propósito no trabalho e 77% consideram a cultura organizacional tão ou mais importante do que o salário e benefícios.
Assim, é fácil compreender que as empresas com propósito conseguem reter mais talento já que contratam mais facilmente pessoas que se identificam com a cultura da empresa.

De igual forma, segundo o estudo da Harvard Business School, as pessoas que trabalham em empresas com propósito relatam o dobro da satisfação no trabalho e são três vezes mais propensas a permanecer nessa organização. 

Criam engagement

O propósito funciona como um elemento motivador e cria engagement, ou seja, um maior envolvimento dos trabalhadores com o seu trabalho, um maior proveito das suas capacidades cognitivas, físicas, mentais e emocionais que resulta num melhor desempenho.

Assim, quando um trabalhador está envolvido e gosta do seu trabalho, esforça-se e dedica-se mais na execução das suas tarefas e consegue melhores resultados para a empresa. 

Como se tornar numa empresa com propósito

O propósito deve fazer parte do dia-a-dia da empresa e refletir-se em tudo, desde o comportamento da administração à forma de agir dos colaboradores.

Para se tornar numa empresa com propósito ou cimentar esta prática na sua empresa, siga estes quatro passos:

1. Descubra o propósito 

Para descobrir o propósito da sua empresa deve começar por consultar todos os stakeholders. Descubra como tudo começou ౼ que crenças e valores foram implementados pelos fundadores quando iniciaram o negócio; quais são as expectativas dos trabalhadores; como é vista a empresa pela comunidade; o que pensam os consumidores sobre ela e que necessidades existem na sociedade atual. 

As perguntas-chave que deve fazer são: 

  • Quem somos? 
  • Para que existimos? 
  • Que soluções vamos resolver? 
  • Qual o nosso significado para o mundo?

2. Comunique o propósito

Depois de definido o propósito, a missão e os valores da empresa, é tempo de pensar na melhor forma de os comunicar e começar o processo de interiorização e assimilação.

As perguntas-chave que deve fazer são: 

  • Como posso comunicar o propósito e sensibilizar para esse tema?
  • Como posso criar engagement?
  • Como posso transmitir o propósito nos diversos níveis da empresa?

3. Torne o propósito parte da cultura organizacional

O propósito deve se tornar numa parte essencial da cultura organizacional, de tal forma que comece a integrar as atitudes e comportamentos diários de todos os colaboradores da empresa e a direcionar todos os serviços, produtos e processos da organização.

Para conseguir alterar a cultura organizacional neste sentido, aposte fortemente na comunicação interna e em dar o exemplo através da liderança. 

As perguntas-chave que deve fazer são: 

  • O que desejamos alcançar?
  • Quais são as atitudes e comportamentos esperados?

4. Consolide o propósito 

Para que o propósito seja consolidado e se torne sustentável na empresa deve fazer parte de todas as suas decisões e relacionamentos. Os Recursos Humanos desempenham um papel crucial nesse sentido, já que devem implementar práticas de educação e formação, avaliação de desempenho e promoção sempre alinhados com o propósito e os seus objetivos, assim como criar e implementar ações concretas que geram impacto na sociedade e no meio ambiente.

As perguntas-chave que deve fazer são: 

  • Como explicar o propósito?
  • Que competências precisamos desenvolver para nos superarmos no nosso propósito?
  • Como inovarmos no nosso propósito?

Dicas para comunicar corretamente o propósito

Comunicar o propósito de forma a ser compreendido por todos os que interagem com a empresa, nem sempre é fácil. É nesta fase que muitas empresas encontram os seus maiores obstáculos que podem, até, dar origem a problemas de branding.

Ao comunicar o propósito não se esqueça de:

Ser transparente

Demonstre como o seu propósito orienta as decisões de negócio, as contratações de novos trabalhadores e a organização da empresa. 

Medir o sucesso

Utilize métricas para perceber o quanto cresceram desde que se tornaram numa empresa com propósito. Apresente as conquistas alcançadas  e mostre como a aplicação desses valores geraram retorno para a empresa.

Comunicar também o que não faz

É importante, também, comunicar aquilo que se recusa a fazer. Mostrar como o propósito influenciou uma decisão negativa em relação a algo é uma forma igualmente relevante de se posicionar e indicar o que é ou não valorizado na empresa. 

Ser persistente 

Lembre-se que conseguir incutir propósito na cultura de uma empresa é um processo longo, que exige bastante esforço e pode ser melhorado todos os dias.
Não desanime se no início tiver dificuldades em transmitir a mensagem pretendida.


Para o ajudar a saber mais sobre esta temática, assista ao webinar Negócios com Impacto Social e Propósito que promovemos com a Happiness e onde apresentamos exemplos de negócios que geram impacto e explicamos como as empresas podem desenvolver programas sociais ligados aos seus valores e propósito e envolver os seus colaboradores nessas ações.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami