2020-03-10 passo-a-passo-para-fazer-trabalho-voluntario
Conteúdos para quem faz o bem

O passo a passo para se tornar voluntário em instituições

Tem vontade de descobrir como ser voluntário em instituições e doar o seu tempo ou habilidades para projetos sociais? Então está no lugar certo! 

Sabemos que muitas pessoas têm o desejo de iniciar uma atividade voluntária ou apoiar projetos ou entidades que realizam trabalhos sociais, mas, muitas vezes, não colocam a ideia em prática por não saberem ao certo como a atividade funciona. 

Neste post, vamos  mostrar que fazer trabalho voluntário pode ser uma tarefa simples e transformadora! Continue a leitura para descobrir alguns motivos para ajudar e como iniciar a sua jornada como agente de impacto social! 

O porquê de se tornar voluntário em instituições

Já parou para pensar que, além de ajudar uma organização social, ser voluntário em instituições também pode significar um upgrade no seu currículo? E se te dissermos que, além disso, o voluntariado também pode trazer benefícios à saúde?

Ficou curioso sobre as (diversas) razões para investir num projeto de voluntariado? Então confira abaixo mais alguns detalhes sobre elas! 

Trocar conhecimentos

A troca (de conhecimento, experiências ou histórias) é uma das principais razões para fazer um trabalho voluntário. Conhecer novas pessoas, com realidades diversas, vivenciar o dia a dia de uma organização social, realizar projetos e analisar os resultados obtidos são excelentes formas de trocar percepções e vivências e de crescer em conjunto. 

Ganhar pontos no currículo

Atividades que estimulam o desenvolvimento de habilidades estratégicas, como o trabalho em equipa, responsabilidade e organização, a visão a longo prazo e a gestão de projetos são muito bem vistas no ponto de vista dos recrutadores de empresas. 

Quando a experiência alia o desenvolvimento pessoal ao altruísmo ou a capacidade de ajudar o outro, pode ser um fator decisivo para determinar a escolha de um candidato entre tantos outros, na concorrência por uma vaga. 

Conhecer novas pessoas

Ser voluntário numa organização social pode abrir muitas portas para conhecer pessoas novas e para envolver-se em novos projetos. Uma vez envolvido numa atividade, o voluntário pode ter contacto com a equipa de apoio da organização, com o público atendido e com uma rede de parceiros e apoiantes. Nesta rede, estão incluídas empresas, instituições locais e outros profissionais que podem ajudar no desenvolvimento profissional e pessoal do voluntário. 

Ajudar a transformar realidades

Pense no quão gratificante pode ser ajudar a transformar realidades. Esse é um dos sentimentos de quem entende como é ser voluntário e coloca essa ideia em prática. 

Num mundo tão turbulento e desigual como o nosso, ter consciência do papel de cada um enquanto agente de mudança — e fazer algo com isso — é uma forma efetiva de ajudar e proporcionar melhores condições a quem se encontra em situações de vulnerabilidade. 

Pense nisso! 

Ter mais saúde

Admita: ficou com a pulga atrás da orelha quando falamos sobre isso anteriormente, não foi? 

Por isso mesmo, voltamos ao assunto! 

De acordo com o pesquisador americano Allan Luks, no seu livro “The power of doing good”, pessoas que usam quatro horas mensais para atividades voluntárias têm até dez vezes mais chances de ter uma boa saúde do que quem não se voluntaria. E ele explica como isso é possível: com a atividade, o voluntário vivencia um sentimento de satisfação que libera endorfinas e neurotransmissores que ativam a sensação de felicidade. E a felicidade, como nós sabemos, é um importante fator para a longevidade! 

Requisitos para ser voluntário em instituições

Se tem interesse em descobrir como fazer o bem, mas não sabe se cumpre todos os requisitos para ser voluntário numa instituição, saiba que, no mundo das pessoas que querem fazer a diferença, tem sempre alguém que encontra exatamente aquilo que tem para oferecer. 

Por isso, veja as características abaixo e descubra o que é realmente preciso para ser um voluntário! 

Comprometimento

Um trabalho voluntário é, como o próprio nome diz, um trabalho. Por isso, ele deve ser levado a sério, com o comprometimento e foco necessários. Antes mesmo de descobrir como se tornar um voluntário, tenha a certeza de que este compromisso tem espaço na sua agenda! 

Responsabilidade

Atuar como voluntário é ter muita responsabilidade com o trabalho prestado. Afinal, estamos a falar de situações de vulnerabilidade e temáticas delicadas. É preciso ter maturidade para lidar com o trabalho e capacidade para contornar circunstâncias delicadas. 

Empatia

A capacidade de se colocar no lugar do outro e sentir a sua dor é um dos principais pré-requisitos para ser voluntário numa instituição sem fins lucrativos. Se vive focado em si mesmo e não costuma ouvir e respeitar vivências alheias, precisa de repensar essas atitudes antes de iniciar um trabalho social. 

Vontade de ajudar

Por fim, este é o requisito indispensável para quem procura descobrir como fazer trabalho voluntário. Ter vontade de ajudar, garra para encarar os projetos e boa vontade para fazer a diferença farão de si um excelente colaborador para as organizações sociais! 

Passo a passo para se tornar voluntário em instituições

Se se encaixa nos requisitos acima, já pode começar a pensar em como ser voluntário em instituições de forma efetiva! Para isso, siga este passo a passo e entenda o que é preciso para iniciar o voluntariado. 

1- Defina o seu objetivo como voluntário

Antes de iniciar qualquer trabalho, é preciso ter um momento de honestidade consigo. Pare e reflita sobre o objetivo que procura na atividade. Faça a si mesmo perguntas como: o que espero ganhar com a experiência? o que posso oferecer na experiência? que tipo de trabalho poderia realizar e com que atividades eu não me identifico? 

Com as respostas em mente, fica mais fácil encontrar um projeto que se conecte com os seus objetivos. 

2- Estipule quanto tempo poderá dedicar ao projeto

Outro fator importante para entender como ser voluntário em organizações sociais é estipular quanto tempo poderá, de facto, dedicar ao projeto. Se a ideia é ser voluntário aos fins de semana, entenda a melhor forma de encaixar a atividade com os restantes compromissos. 

Se a ideia é realizar uma atividade pós-laboral, pense em quantas horas pode ceder ao projeto sem que a jornada dupla prejudique o seu comprometimento com o voluntariado e também com o seu trabalho. 

3- Encontre uma instituição na qual acredite

A melhor forma de fazer o seu trabalho como voluntário prosperar é escolhendo uma causa na qual realmente acredite. 

Pense naquilo que mais lhe comove e mais desperta vontade de ajudar e estude instituições que precisam de ajuda e que realizam trabalhos voltados para estas áreas. 

4- Faça uma visita à organização e conheça o trabalho realizado

Tão importante quanto encontrar uma causa em que acredita é procurar uma instituição confiável para se associar. Por isso, ao encontrar a instituição que mais se aproxima dos seus ideais, entre em contato para conhecer um pouco mais sobre o trabalho realizado ou, se puder, faça uma visita para conhecer de perto os projetos e a estrutura da instituição. 

Além de se certificar de que o trabalho realizado é sério, conhecer de perto a instituição escolhida irá dar-lhe uma motivação extra para começar a colaborar! 

Como fazer voluntariado no estrangeiro

Além de trabalhar com organizações sociais que atuam em Portugal, existe, também, a possibilidade de investir em voluntariado no estrangeiro. Organizações mundiais de renome como a ONU e a AIESEC possuem programas de apoio a atividades voluntárias em países e áreas de grande vulnerabilidade, com possibilidade de atuação em diversas frentes (como programas de reciclagem e recolha de resíduos, apoio educacional, intercâmbio cultural, etc).

Para embarcar numa experiência no exterior, o plano de ação ganha mais algumas variáveis: além de encontrar a causa ideal e de definir o objetivo da experiência, é preciso fazer um detalhado planeamento financeiro e um cronograma completo de atividades e gestão do tempo. 

Reparou que ser voluntário em instituições pode ser mais simples do que imaginava? Com vontade de ajudar e disposição para colocar a mão na massa, ajudar a transformar realidades pode ser o seu próximo objetivo! 

Se quiser ficar por dentro de todas as nossas publicações sobre voluntariado e impacto social, subscreva a nossa newsletter e acompanhe tudo!

Share via
Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami