captar-e-aumentar-recursos-da-ong
Conteúdo para ONGS

Como gerar e aumentar a angariação de fundos para instituições

A angariação de fundos para instituições é uma estratégia essencial para garantir a existência e manutenção das atividades desenvolvidas pela organização. O setor terciário está a crescer no país, e, com isso, aumenta também a concorrência nas formas de obter apoio e recursos. 

A boa notícia é que, de acordo com o relatório TechReportNGO, espera-se que, até 2030, o número de pessoas que doam para instituições alcance a marca de 2,5 biliões (hoje, estamos perto de 1,5 biliões). 

Diante desse dado, o grande desafio para as instituições é encontrar as formas mais efetivas para estimular o retorno positivo nos processos de angariação de fundos. Mais do que nunca, é essencial determinar metas que possibilitem o bom desempenho das ações e o envolvimento dos apoiantes. 

Se quer saber um pouco mais sobre como potencializar a angariação de fundos para instituições, acompanhe o nosso post. Aqui, falaremos um pouco mais sobre os passos necessários para aumentar a rede de contribuições e impactar mais realidades! 

O que necessita instituição para angariar fundo? 

Antes de partimos para as dicas, é importante reforçarmos que, para angariar fundo para instituições de forma correta, alguns pré-requisitos são fundamentais. Esses requisitos dizem muito sobre a reputação da organização e contribuem para que o organismo ou pessoa física sintam confiança na instituição. Confira na lista a seguir os principais pontos necessários para angariar fundo para instituições: 

  • Regularização

Toda a documentação envolvendo o funcionamento da instituição (como regimento interno, estatuto, atas de eleição, certidões de regularidade com impostos, registo em conselhos do município e estado etc) deve ser constantemente atualizada. Isso faz com que os documentos possam ser acionados e anexados a projetos sociais e apresentados a empresas parceiras como prova da idoneidade da instituição não-governamental. 

Além disso, toda a documentação de regularização é essencial para a participação em concursos públicos e privados, sendo, muitas vezes, requisito eliminatório para instituições que não submetem os arquivos solicitados. 

  • Bom histórico de atuação em conjunto com a comunidade

Um dos componentes mais relevantes para a avaliação positiva de uma instituições que se candidata em projetos de angariação de fundos é a participação da comunidade na construção das propostas. Isso faz com que o trabalho da organização naquele universo seja assertivo, e que as transformações sociais sejam efetivas. 

  • Controlos e registos de gastos atualizados 

Uma instituição que procura apoio na angariação de fundos precisa de manter um registo rigoroso das receitas e gastos. Isso possibilita a prestação de contas em toda a rede de apoio, desde colaboradores até investidores. 

Pelo meio dessa documentação, o potencial parceiro pode verificar se há uma gestão eficiente de recursos e se a organização é efetiva nos seus investimentos. 

  • Articulação com órgãos públicos e privados

Um dos fatores que facilita o processo de angariação de fundos para instituições é a articulação com órgãos públicos e privados. 

Os governos e entidades privadas envolvidas com a Responsabilidade Social colocam à disposição das comunidades uma série de programas e políticas públicas. Esses dispositivos permitem (e incentivam!) a participação das organizações como representantes das necessidades da sociedade. 

Dessa forma, a entidade não governamental constrói uma rede de influência junto aos órgãos que detém grande parte do poder económico e político na sociedade, facilitando a luta pela implantação de projetos e melhorias. 

  • Equipa experiente

Valorizar o trabalho voluntário formando equipas de pessoas dispostas a ajudar é incrível. Mas é preciso pensar também numa equipa de apoio especializado e experiente. 

Seja qual for o ramo de atuação da instituição, é recomendado agregar à equipa profissionais habilitados para exercer funções estratégicas (como administração e coordenação, por exemplo) e táticas (como professores), além da equipa de voluntários que fornecerá suporte às atividades mais operacionais. 

Agregar profissionais com capacidade à equipa é uma maneira de fortalecer o projeto, aumentando sua credibilidade e potencial de mobilização. 

Como fazer a angariação de fundos para instituições?

Com todos os requisitos mencionados no tópico anterior, o processo de angariação de fundos para instituições já está bastante encaminhado. Entretanto, regularidade, equipa habilitada, boa relação com os órgãos públicos e atuação comunitária com um bom planeamento é a melhor forma de garantir que a receita seja um sucesso. 

Por isso, antes de partir efetivamente para a angariação de fundos, é importante fazer uma completa análise da organização, verificando se ela possui ou não todos os pontos necessários para iniciar uma campanha ou projeto de angariação de fundos. É o momento ideal para rever os objetivos da organização, o histórico de projetos anteriores e a forma como os trabalhos são executados. 

Com essa análise, a instituição precisa de concluir que do ponto de vista do apoiante, é uma boa causa investir. 

Além da análise profunda dos pilares da organização, é importante preparar-se de forma prática para fazer as captações. Elaborar um calendário, por exemplo, auxilia na distribuição de tarefas e permite acompanhar o progresso do projeto de captação de forma objetiva, tendo sempre em vista o prazo final estipulado pela instituição. 

Junto com o calendário, é recomendado criar uma checklist. Essa checklist pode ser desdobrada num documento mais abrangente, que contenha todos os detalhes necessários para viabilizar a angariação de fundos (como o plano de ação, os prazos para cada tarefa, a equipa responsável pela execução dos planos, os recursos necessários). 

O último ponto, mas não menos importante, é fazer uma pesquisa de campo. Antes de começar uma angariação de fundos, saber quais são as potenciais fontes doadoras pode ajudar na direção das ações e na construção de um argumento forte, em sintonia com o perfil do investidor. 

Essas fontes de recursos podem ser pessoas físicas, empresas, eventos, pessoas jurídicas, agências de financiamento, entre outras. 

Como aumentar a angariação de fundos? 

Com um plano de ação traçado, fica mais fácil partir para a ação e iniciar o processo de angariação de fundos para instituições. Mas, e se te dissermos que, com a ajuda de algumas técnicas, é possível otimizar a procura por investidores? 

A seguir, daremos algumas dicas que podem ser de grande ajuda para a entidade que deseja aumentar a sua angariação de fundos. 

  1. Diversificação de fontes

Uma das principais formas de aumentar as hipóteses de garantir recursos para instituições é apostar na diversificação de fontes. Se a sua organização tem contatos com diversos potenciais doadores, as possibilidades de conseguir recursos com mais frequência é maior. Por isso, ao fazer a pesquisa de campo mencionada acima, não deixe de considerar mais um perfil investidor para direcionar a campanha. 

  1. Fidelização de doadores

Trabalhar o bom relacionamento com os investidores de uma instituição é uma dica importante para potencializar as hipóteses de novos apoios. Mesmo que a empresa ou pessoa física já tenha feito o destino de recursos, vale a pena investir em ações que a mantenha próxima e conectada à instituição. 

  1. Participação em concursos

Não é só de recursos locais e doação de entidades parceiras que vive uma instituição. E uma boa forma de ampliar a possibilidade de receber apoio é participando em concursos públicos e privados. 

Neste modelo de incentivo, é necessário inscrever um projeto que cumpra com as condições apresentadas pelo órgão promotor. A inscrição é submetida a uma equipa de análise que levará em conta uma série de fatores para avaliar a relevância, o impacto e a viabilidade do projeto. Se aprovado, a instituição recebe a contribuição solicitada (ou uma porcentagem pré-definida por ele) para executar a proposta inscrita. 

  1. Divulgação das ações 

Divulgar a organização e as ações realizadas é uma dica fundamental para quem procura aumentar a angariação de fundos para instituições. Conhecendo os trabalhos feitos e o propósito de existência da entidade, as pessoas sentem-se estimuladas a contribuir. 

  1. Investir em campanhas de financiamento coletivo

Existem diversas ferramentas disponíveis para viabilizar campanhas de financiamento coletivo (ou crowdfunding). Em geral, são plataformas online que permitem realizar uma espécie de “vaquinha virtual”, na qual doadores depositam valores destinados a uma causa em troca de recompensas proporcionais aos seus investimentos. 

Plataformas com esse perfil costumam cobrar apenas uma taxa administrativa sobre o valor arrecadado. 

  1. Realizar eventos

Realizar eventos como forma de aumentar a angariação de fundos pode ser uma estratégia bastante interessante. Além de diversificar o formato da recolha dos investimentos, é uma oportunidade de divulgar o trabalho da instituição para a imprensa e sociedade local. 

Os formatos de arrecadação são variados: venda de convites, parte do valor do consumo de alimentos e bebidas no local, doações, leilões, rifas e bingos ou a criação de um mercado. 

  1. Inscrever a instituição numa plataforma online

Quando a sua organização está inscrita numa plataforma online, as possibilidades de angariação de fundos aumentam, uma vez que as barreiras geográficas deixam de existir. 

A plataforma da eSolidar, por exemplo, tem inscrição gratuita, e possibilita uma série de vantagens à organização, como:

  • canal online com perfil exclusivo e informações de contato da instituição;
  • possibilidade de arrecadar recursos com uma ferramenta de fácil uso por meio da venda de produtos, leilões e donativos espontâneos de pessoas e empresas;
  • acesso a uma comunidade de doadores (pessoas físicas e organizações);
  • instruções sobre como as instituições podem criar ações e posicionamentos de marketing para obter mais visibilidade, através de conteúdos relevantes sobre o assunto;
  • suporte rápido e humanizado. 

As possibilidades para angariação de fundos para instituições são inúmeras, e o mais importante é compreender que elas podem acontecer de forma simultânea, potencializando as chances de sucesso. Se a plataforma eSolidar para angariação de fundos e desenvolvimento de instituições te chamou a atenção, faça o registo da sua organização e comece já a utilizá-la!

Share via
Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami