Empresas que fazem a diferença

Webinar desenvolvimento de talentos: 3 aprendizados

Em nosso último webinar, “Desenvolvimento de talentos: tecnologia e educação para o S de ESG”, reunimos parceiros e convidados de peso. Nosso foi foi entender como é possível transformar o S (Social) do ESG em ações concretas na empresa.

Sabemos que este é um grande desafio. Afinal, de acordo com uma pesquisa da Gallup, 87% dos trabalhadores da geração Millennial classificam “crescimento profissional ou de carreira e oportunidades de desenvolvimento” como uma de suas principais prioridades em um emprego. Apesar disso, 30% é a taxa média de desemprego de jovens da mesma geração, devido a gaps educacionais.

Como contornar este obstáculo e tornar as estatísticas favoráveis, trazendo impacto positivo para as empresas e para as pessoas? Foi o que discutimos em nosso webinar Desenvolvimento de Talentos. Continue a leitura para conhecer 3 aprendizados dessa conversa. 

Como foi o webinar Desenvolvimento de Talentos: tecnologia e educação para o S de ESG 

O webinar Desenvolvimento de Talentos foi realizado pela esolidar em parceria com o Alicerce, uma empresa de impacto social. Seu propósito é ajudar outras organizações a transformar vidas através da educação.

Com aprendizado centrado no aluno, personalização do ensino e boas práticas de metodologia ágil, o Alicerce recupera a base educacional de brasileiros, fazendo com que empresas:

  • ampliem sua produtividade na operação;
  • recrutem melhor por menor custo;
  • promovam a diversidade;
  • impactem a sociedade e a região que estão inseridas. 

A esolidar, por sua vez — e como você já sabe, se acompanha o nosso blog — oferece uma plataforma com diferentes ferramentas para gerar e gerir impacto social. Por meio da esolidar, sua empresa pode realizar:

Conheça o Programa de Aceleração
de Impacto Social da esolidar

Convidados

Para fortalecer a conversa compartilhando vivências e conhecimentos sobre a temática, convidamos Izabel Branco, Vice-Presidente de Relações Humanas da Totvs e Presidente do Instituto da Oportunidade Social (IOS), e Jorge Feliciano, Diretor e Executivo de Recursos Humanos do Grupo Martins. Mais sobre os participantes do webinar.

Izabel tem mais de 20 anos de experiência em gestão de negócios e recursos humanos, segmentação de clientes, marketing e comunicação estratégica. Jorge, por sua vez, atua há mais de 30 na área de gestão de pessoas. Ele construiu sólida carreira no varejo brasileiro e também no segmento bens de consumo, ocupando posições de liderança gerencial e executiva em grandes empresas nacionais e multinacionais.

 

Pós-webinar: 3 lições importantes para refletir e aplicar

Aqui estão 3 tópicos-chave abordados ao longo da conversa. Eles devem servir como reflexão para que você leve a tecnologia e a educação para o desenvolvimento de talentos na sua empresa hoje mesmo! 

1- O papel das empresas enquanto agentes de transformação 

Em nosso momento de reflexão, reforçamos o quão importante é a conscientização sobre o papel das empresas enquanto agentes de mudança. 

Sabe-se que a oferta de educação de qualidade acessível para todos os brasileiros é um dever das entidades governamentais. 

Entretanto, cabe às empresas utilizarem sua influência e importância estratégica para o desenvolvimento do país para acompanhar de perto as ações e projetos desenvolvidos. Elas devem atuar como fiscalizadores e propositoras de novos caminhos para tornar o acesso ao conhecimento universalizado. 

Além disso, toda empresa pode ser catalisadora de impacto positivo. Isso é possível com a realização de programas e projetos que conectem a organização com a comunidade do entorno. Assim, despertam potencialidades e habilidades pessoais e profissionais em seus membros. 

Izabel Branco, nossa convidada, reforça que

“desenvolver estratégias de formação profissionalizante para os jovens é fundamental para reduzir desigualdades sociais no Brasil e potencializar o crescimento das empresas”

— e nós assinamos embaixo!

2 – Educação corporativa: caminho para gerar valor compartilhado

A geração de Valor Compartilhado é uma máxima que defende que as empresas podem (e devem!) buscar maneiras de otimizar seus processos. Assim, impactam positivamente na sociedade do entorno, bem como em seus stakeholders. É o famoso “ganha-ganha”. 

Para as empresas, ter um setor dedicado à formação de profissionais é uma maneira de conectá-los ao propósito do negócio e estimular seu engajamento. É o que pontua nosso convidado Jorge Feliciano, quando diz que

“educação corporativa é ponto fundamental nas empresas hoje para conseguir ter competitividade, oportunidade de crescimento e retenção”.

Além disso, a educação corporativa é uma ferramenta para colocar em prática o S de ESG. Isso porque ajuda a conectar a organização às demandas da sociedade, promovendo equidade e oportunidades de crescimento. 

Izabel Branco reforça o ponto ao dizer que

“a educação corporativa entra com papel relevante, principalmente nos chamados grupos minorizados. Ter a possibilidade de ter um olhar propositivo para esses grupos e entender como a sua educação ajuda a acelerar o grupo, cada um com sua necessidade específica, é super importante”. 

 

3 – Tecnologia e educação como aliadas no processo de mudança 

Até aqui, já falamos sobre o papel das empresas como catalisadores da transformação e do poder do ensino corporativo para tornar essa transformação possível. E se adicionarmos um elemento surpresa capaz de tornar todo o processo mais simples e efetivo? 

Estamos falando da parceria entre tecnologia e educação!  

Para as empresas, dispor de ferramentas tecnológicas e metodologias que ajudem a:

  • canalizar os processos de educação corporativa;
  • identificar projetos e talentos para desenvolver;
  • e, sobretudo, gerenciar e mensurar os resultados das ações é fundamental. 

Com a ajuda de empresas parceiras com expertiste nessas duas frentes, é possível integrar todas as etapas do desenvolvimento de habilidades e da captação de talentos com impacto social

A esolidar, por exemplo, ainda oferece ferramentas que ajudam a estimular a participação do time de colaboradores em todo o processo. Algumas delas são o mural social (no qual são compartilhadas ideias e sugestões sobre os programas desenvolvidos) e o voluntariado corporativo, que estimula a atuação direta do time em ações filantrópicas e eventos promovidos pela empresa.. 

Já o Alicerce intermedeia processos de recrutamento e seleção e treinamento e desenvolvimento de habilidades nas empresas. Por meio de sua metodologia educacional, conecta organizações a seu público de interesse. Dessa forma, leva mais oportunidades para crianças, jovens e adultos do país, oferecendo empoderamento através da educação.

Quer ver o que diz nosso convidado Jorge Feliciano sobre a atuação de empresas como a esolidar e o Alicerce? 

“Empresas como esolidar e Alicerce vêm para suprir uma lacuna (…) associando vocação de inclusão educacional com a tecnologia, algo fundamental para as corporações hoje em dia.

 

Assista à gravação do webinar Desenvolvimento de Talentos e obtenha ainda mais insights sobre o tema! 

Estes foram alguns dos insights disponíveis em nosso webinar Desenvolvimento de Talentos: tecnologia e educação para o S de ESG. Mas há muito mais nessa conversa, que está disponível gratuitamente para você. Clique no banner a seguir, preencha um pequeno formulário e obtenha seu acesso! 

Desenvolvimento de Talentos: Tecnologia e Educação para o S do ESG

Share via
Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami