Programa-de-aceleração-de-Impacto-Social
Empresas que fazem a diferença

Programa de Aceleração de Impacto Social: a (r)evolução da sua Responsabilidade Social Empresarial

Os novos tempos trazem consigo novas demandas para as empresas. Uma delas, de grande impacto na reputação da marca e na forma como o negócio é percebido pelos investidores, é a forma como ela gera transformações na sociedade. Nesse sentido, compreender como estruturar um Programa de Aceleração de Impacto Social pode colocar os negócios em um papel de destaque. 

De acordo com esta pesquisa da Edelman, 75% dos colaboradores acreditam que uma empresa pode implementar medidas específicas que aumentem os lucros e, ao mesmo tempo, melhorem as condições econômicas e sociais da comunidade em que opera. É a essência do valor compartilhado, que conversa profundamente com a ideia central do Programa de Aceleração. 

Quer saber mais sobre Valor Compartilhado? 

Ouça nosso podcast em parceria com o Instituto GESC! Nesta Conversa de Impacto, falamos sobre como alinhar o progresso econômico com o social e o ambiental, com a participação de Silvia De Tommaso, empresária, professora e consultora em gestão empresarial:

Neste, que é um caminho inovador para a Responsabilidade Social, o papel ocupado pela empresa ao longo dos anos se modifica. De “doadora”, a organização passa a ser “mentora”.

Isso significa que, em vez de contribuir com demandas pontuais de doações e ajuda direcionadas a públicos vulneráveis, a organização passa a atuar como mediadora de uma transformação profunda na maneira como as sociedades e os projetos se enxergam e se posicionam no mercado. 

O resultado não pode ser outro: público interno engajado, mais visibilidade para a marca, desenvolvimento do mercado-alvo da empresa e construção de relações perenes e transformadoras entre organizações e sociedade. 

Para entender como alcançar resultados como estes, continue a leitura do artigo. Falaremos sobre o Programa de Aceleração de Impacto Social e todos os caminhos para implementá-lo em seu negócio. 

Destrinchando o conceito: o que é um programa de aceleração?

Um programa de aceleração é um projeto focado em — como o próprio nome diz — acelerar o crescimento de iniciativas, instituições e ações. 

Em essência, seu objetivo é impulsionar o amadurecimento de negócios, para que deixem o “early stage” (nome dado à fase inicial de um investimento) e alcancem um nível de maturidade mais sólido, capaz de multiplicar suas oportunidades no mercado. 

Para isso, os programas de aceleração investem em mentorias, workshops, capacitações e trocas de conhecimentos. Por terem uma essência dinâmica, intensa e altamente pautada na realidade do mercado, os programas de aceleração se desenvolveram e ganharam espaço no segmento de startups. 

A metodologia, que segue em crescimento e evolução, tem reconhecido impacto positivo nos negócios: estudos mostram que startups que se formaram em programas de aceleração têm uma taxa de sobrevivência aproximadamente 23% maior do que outros novos negócios.

Como aplicar os princípios do programa de aceleração para gerar impacto social? 

Capacitar, impulsionar, amadurecer. Estes são alguns dos princípios-chave de um programa de aceleração. Aplicados às iniciativas de geração de impacto social da sua empresa, eles podem revolucionar a forma como seu negócio e seu time de colaboradores se relacionam com os públicos de interesse. 

Sabemos o quão complexo é o processo de realização de ações de Responsabilidade Social pelas organizações. Em muitos casos, o desafio está em encontrar projetos cujo propósito se alinhe ao da empresa. Em outros, o esforço se concentra na criação de uma relação saudável de cooperação, sem a criação de dependência entre as partes. 

Com um Programa de Aceleração de Impacto Social, empresas e instituições sociais (ou projetos) dão um passo rumo à construção de uma relação madura e de ajuda mútua. A empresa fornece o suporte e o conhecimento especializado necessários para o desenvolvimento da iniciativa. Em troca, ganha reconhecimento de marca e fortalecimento da estratégia corporativa.

E não paramos por aqui! Há, ainda, outros benefícios para as organizações que incorporam o Programa às estratégias de Responsabilidade Social Corporativa. No próximo tópico, falaremos sobre mais alguns deles. 

Por que sua empresa deve apostar em um Programa de Aceleração de Impacto Social?

Transformação mútua na essência do processo

Diferente de uma ação pontual de responsabilidade social, muitas vezes realizada de forma automática pela equipe da empresa, o Programa de Aceleração de Impacto Social tem a transformação mútua em seu DNA. 

Todo o processo é desenvolvido para envolver verdadeiramente as partes, estimulando o compartilhamento de experiências e a construção de novos modos de existir para o projeto apoiado, para a empresa e para cada participante do programa. 

Costumamos dizer que trata-se de uma estratégia “ganha-ganha”: positiva para a empresa e seu time de colaboradores, positiva para a sociedade e os projetos apoiados. 

Aplicação prática do S da ESG

Muitas empresas já abriram os olhos para a urgência da incorporação da estratégia de ESG na rotina (se você ainda está por fora do assunto, leia nosso artigo sobre os indicadores ESG para se inteirar!). 

Estes princípios, relacionados a aspectos Ambientais (Environmental), Sociais (Social) e de Governança (Governance), estão sendo cada vez mais determinantes para assegurar o desenvolvimento do negócio, tanto do ponto de vista mercadológico, quanto do comercial. Veja a seguir dois dados que provam nosso ponto: 

  • 90% dos investidores institucionais globais revisam os investimentos se as empresas não consideram os critérios ESG em seu modelo de negócios;
  • 83% dos consumidores acham que as empresas só devem ter lucro se também produzirem impacto positivo. (Zeno 2020)

Apostar no Programa de Aceleração de Impacto Social é um caminho para colocar em prática o S da ESG, fortalecendo a estratégia corporativa e mantendo a organização competitiva diante das novas tendências de posicionamento estratégico. 

Impacto positivo na percepção da marca e em seu valor de mercado

Empresas que se posicionam em favor de iniciativas de impacto social são melhor avaliadas por seus públicos de interesse. Este é um fato. 

Mas é fato também que a sociedade está de olhos abertos para empresas que utilizam a responsabilidade social como mero protocolo, e que não incorporam a essência das ações realizadas.

Com o Programa de Aceleração de Impacto Social, toda a organização vivencia o impacto. Afinal, são os próprios colaboradores os agentes de mudança, que capacitam e compartilham suas habilidades com os projetos acelerados. 

E os efeitos de um processo verdadeiramente transformador ecoam por toda a sociedade: de acordo com o CAF 2020, 71% dos brasileiros concordam que estariam mais inclinados a comprar um produto ou serviço de uma empresa que apoia sua comunidade local. 

Além disso, marcas que têm como objetivo melhorar a qualidade de vida dos seus stakeholders superam o desempenho do mercado de ações em 120%.

Novos caminhos para a aquisição de talentos 

É importante que as empresas tenham em mente que as comunidades de seu entorno são potenciais fontes de mão de obra qualificada. Este é um dos caminhos para gerar valor compartilhado: desenvolver as comunidades locais para que estas possam contribuir para o desenvolvimento da empresa. 

Por isso, ao apostar em um projeto local para o programa de aceleração, a empresa se aproxima de seus potenciais colaboradores, criando uma lente muito mais efetiva para “pescar” talentos e incorporá-los ao time. 

Como estruturar um Programa de Aceleração de Impacto Social benéfico para as empresas e para a sociedade? 

A esta altura do artigo, você já leu sobre conceitos e vantagens do Programa de Aceleração de Impacto Social para a organização, e certamente não vê a hora de entender como aplicar este projeto. 

Por isso, e sem mais delongas, é hora de descobrir, passo a passo, como estruturar a aceleração de impacto social em seu negócio. 

1. Comunique o programa aos públicos de interesse

A primeira etapa fundamental para implantação do Programa de Aceleração de Impacto Social é a comunicação ao público. Aqui, destacamos os colaboradores e a comunidade do entorno como principais alvos. 

Dica para comunicar o programa ao público interno da empresa: é importante que o time interno acompanhe o desenvolvimento do projeto e sinta-se parte dele desde o início. Por isso, estimule a troca de ideias e as contribuições por parte da equipe para a construção do programa. Utilize ferramentas como o mural social e os canais de comunicação interna para propor debates e para cocriar o programa na empresa. 

Para comunicar o programa à sociedade: explore ferramentas digitais para espalhar a mensagem do seu programa de aceleração. Crie uma página para divulgar o programa, utilize as redes sociais como aliadas e faça com que a novidade chegue a todos os públicos de interesse! 

2. Promova chamadas e editais para captar projetos e instituições interessadas em se desenvolver

O sucesso do programa de aceleração depende de dois fatores: a disponibilidade da empresa em ajudar e a vontade do projeto de ser ajudado. Para sintonizar os dois, nossa dica é promover chamadas e editais para a inscrição de iniciativas interessadas. 

Dessa forma, a empresa pode realizar uma curadoria e encontrar aquelas que melhor se conectam com os princípios da organização. 

3. Convoque seu time de voluntários para a realização das capacitações

Projetos escolhidos? É hora de dar início à aceleração! Para isso, a empresa pode investir em seus talentos internos: times de voluntários com habilidades úteis à instituição e que se disponibilizam para realizar capacitações e compartilhar experiências. É o voluntariado de competências na prática! 

4. Apoie e estimule a continuidade dos projetos com campanhas internas e externas de arrecadação de recursos 

A intenção do Programa de Aceleração de Impacto Social é que os projetos apoiados desenvolvam capacidades para se desenvolverem autonomamente após a imersão. Entretanto, é muito comum que as iniciativas apoiadas não tenham aporte e nem recursos para dar o chamado “pontapé inicial” na nova fase. 

Por isso, as empresas mentoras podem realizar campanhas, como crowdfundings e leilões solidários, para arrecadar recursos e convertê-los em materiais e equipamentos essenciais para a continuidade dos trabalhos pelo projeto acelerado.  

Por que você precisa de uma ferramenta integrada para gerir o seu Programa de Aceleração de Impacto Social? 

Deu para perceber que um bom Programa de Aceleração de Impacto Social exige uma grande articulação de iniciativas por parte da empresa, não é? Mas promover todas as etapas acima descritas não significa, necessariamente, a demanda por equipes numerosas, diferentes sistemas de gestão e orçamentos elevados. 

É possível realizar toda a condução do Programa de Aceleração de Impacto Social em apenas uma ferramenta. Ela integra todas as etapas do processo, facilitando seu gerenciamento e permitindo que a empresa acompanhe os resultados de cada fase de forma detalhada. 

Transforme realidades com a ajuda da plataforma esolidar

Sua empresa está pronta para se tornar agente de transformação de realidades? Então coloque seu Programa de Aceleração de Impacto Social no ar com a ajuda da esolidar! 

Nossa plataforma oferece todas as funcionalidades necessárias para aplicar as 4 etapas do programa, engajando colaboradores, impulsionando projetos sociais por meio do compartilhamento de competências e promovendo ações de captação de recursos para a continuidade das ações.

Quer iniciar esta jornada de impacto? Entre em contato com o nosso time comercial. Vamos agendar uma conversa para entender as demandas da sua empresa e te apresentar as ferramentas adequadas para viabilizar a sua estratégia!

Share via
Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami