Webinar: S do ESG
— desafios e prática

Assista este encontro com Paloma Capanema, ESG Manager do Grupo Boticário, e Salomão Cunha Lima,  Consultor de Diversidade e Inclusão e Head de Relações Institucionais do Instituto da Oportunidade Social, sobre os caminhos para desenvolver empresas alinhadas ao pilar Social dos critérios ESG.

Quer ver como foi esta conversa de impacto? Acesse a gravação abaixo!

Sobre os Participantes

Sobre os Participantes

Paloma Capanema

Ela tem mais de  oito anos de atuação na área de Comunicação e Assuntos Institucionais em indústrias líderes de capital intensivo, bens de consumo e varejo. É especializada em Gestão de Reputação, Gerenciamento de Crises, Relacionamento com a Imprensa e Sociedade Civil. Atualmente, atua na área de ESG (Sustentabilidade) do Grupo O Boticário com o desafio de alavancar os compromissos 2030 e potencializar a atuação e reconhecimento da empresa em responsabilidade social corporativa.

Salomão Cunha Lima

Para trazer suas perspectivas e experiências sobre o aspecto Social do ESG, Salomão também se junta à conversa. Ele liderou a implementação do programa global de Diversidade, Inclusão e Responsabilidade Social da TOTVS; é líder do Grupo de capacitação em Direitos Humanos pela Rede Brasil do Pacto Global da ONU. Atualmente também é consultor de Diversidade e Inclusão e Head de Relações Institucionais do Instituto da Oportunidade Social.

O que você vai ver nesta conversa?

Reunimos dois grandes profissionais para conversar sobre os desafios de se aplicar e, sobretudo, mensurar o impacto do S de ESG (sigla para Environmental, Social and Governance) dentro e fora das organizações. 

De acordo com um recente levantamento do Distrito, os investimentos na categoria social do ESG na metade de 2021 já ultrapassaram todo o montante aplicado na área em todo o ano de 2020. Foram mais de US$266 milhões injetados no setor até julho deste ano, contra US$144,8 milhões no ano passado. 

Estes expressivos números mostram que, embora ainda desafiador, o aspecto Social do ESG ganha visibilidade e torna-se um dos principais pontos de atenção das empresas e instituições. Com o fim da pandemia e a retomada da economia, a expectativa é de que este volume de aportes cresça ainda mais.  

Diante deste contexto, Paloma e Salomão falam sobre suas vivências com o tema, repleto de possibilidades de atuação e de desafios a superar.

Feito com ❤ pela © esolidar. Todos os direitos reservados.

Copy link
Powered by Social Snap
Close Bitnami banner
Bitnami